sexta-feira, 4 de fevereiro de 2011



Ao longe por mim oiço chamando
A voz das coisas que eu sei amar.

E de novo caminho para o mar.

Sophia Mello Breyner Andresen

3 comentários:

  1. Gosto muito dessa fotografia não só pela perspectiva mas pela sensação de imensidade e de vida que transmete.

    ResponderEliminar